Óleo de coco emagrece, dá saciedade, acelera o metabolismo

Óleo de coco emagrece, mito ou verdade?

Óleo de coco já é amplamente procurado por pessoa que buscam emagrecer com saúde, há muitas opiniões contrarias aos efeitos de emagrecer do óleo de coco. A Dra Luciana Spina, médica endocrinologista, com mestrado e doutorado em endocrinologia pela UFRJ, segundo ela, ao tomar óleo de coco os você poderá engordar.

Segundo especialistas, o óleo de coco é um tipo de gordura saturada, ou seja, uma gordura ruim. A diferença do óleo de coco comparado a outras gorduras, é que ele é um ácido graxo composto de cadeia média.

Porém, pesquisadores da Universidade de Columbia, nos EUA, realizaram uma pesquisa, e constataram quem o óleo de coco emagrece. Acionaram óleo de coco em bolinhos, consumidos por voluntários, e estudos comprovaram que aquelas pessoas que alimentaram suas comidas a base de óleo de coco, emagreceram, principalmente gordura na região do abdome.

Segundo a nutricionista Adriana Castro, da clínica club corpus, a gordura que encontramos no coco, gera calor e queima calorias, e com isso, perdemos peso. Além disso, o óleo de coco, é bom para inibir os triglicérides e também o mau colesterol, e ainda aumenta o bom colesterol.

Óleo de coco

Óleo de coco

O óleo de coco, como podemos perceber na tabela acima, é rico em gorduras saturadas, e por este motivo, a grande maioria dos especialistas condenam o uso do coco para emagrecer. Claro, tudo em excesso faz mal. Isso acontece também com o óleo de cártamo.

O recomendado é consumir 22 g diárias de gorduras saturadas, isso para quem tem uma dieta de 2 mil calorias ao dia. Uma colher de óleo de coco corresponde a 59% do valor diário. Uma colher de sopa de óleo contém 12,97 g.

O óleo de coco, afina, emagrece ou não emagrece?

Rico em gorduras saturadas, porém são da cadeia média (TCM), e não de cadeia longa como encontrado nos alimentos. Com isso, o óleo de coco, é muito bem absorvido pelo nosso organismo, principalmente no fígado, sendo rapidamente convertido em energia e não se acumula em forma de gordura.

Principais benefícios do óleo de coco

Emagrece:

Óleo de coco ajuda a emagrecer. Estudos feitos no Canadá no ano de 2000 comprovou sua eficácia no emagrecimento. A explicação é que o coco tem uma maior oxidação das gorduras, e quando isso acontece, causa quebra no seu processo, e com isso a gordura é usada como energia pelo nosso corpo. Por isso é importante, além de consumir o óleo de coco é necessário fazer atividade físicos, pelo menos a caminhada.

Aqui no Brasil, a Universidade Federal do Rio de Janeiro, diz que o óleo de coco ajuda a acelerar o metabolismo e ainda pode aumentar o colesterol bom (http://www.olharvital.ufrj.br/2006/?id_edicao=177&codigo=2). Tudo devido ao ácido láurico, que fazem com as células
trabalhem de forma acelerada, queimando calorias, e evitando o acúmulo de gorduras localizadas.

Saciedade:

Sempre que estamos nervosos, ansiosos, como consequência comemos mais. Para quem está na busca de perder peso, ou mesmo manter se no peso, é preciso comer menos, ingerir menos calorias, pois assim não engordamos. O óleo de coco traz este beneficio ao nosso organismo, isso comprovado pelo centro de pesquisas sobre obesidade de Nova York. O TCM, ativa o hormônio colecistoquinina, peptídeo YY e o peptídio inibitório intestinal, e todos eles tem em comum, a sensação de saciedade.

O que quer dizer, é que se consumir óleo de coco dentro do recomendado, você ingere menos comida. O ideal é consumir no café da manha, e com isso, irá sentir sem fome até na hora do almoço. Contudo, diminua o consumo de gorduras saturadas, tal como frituras, óleo em comidas, entre outros.

Imunidade:

O ácido láurico e ácido cáprico, os dois do TCM do coco, tem como propriedade de modular o sistema imunológico. São eficazes contra fungos, vírus e bactérias.

Combate a prisão de ventre:

Alimentos gordurosos, ajudam sempre na digestão, pois misturam no bolo alimentar e nas fezes, facilitando o tráfego intestinal. O ácido láurico, ajuda a eliminar as bactérias ruins do nosso intestino, ajudando no bom funcionamento da flora intestinal. Se consumido em grandes quantidades, pode causar diarreia.

Controle do colesterol:

O ácido láurico tem o poder de aumentar o colesterol bom, porém ao mesmo tempo, eleva o colesterol ruim, o LDL. Se você tem colesterol alto, é importante não consumir sem antes consultar seu médico.

Qual a quantidade recomendada de óleo de coco

O ideal é consumir uma colher de sopo por dia, acima desta quantidade, você estará consumindo uma grande quantidade de gorduras saturadas.

Excesso de consumo

Ao ingerir acima do recomendado, você estará ingerindo uma grande quantidade de energia, e você não conseguirá queimar durante seu dia, e com isso ficará acumulado em forma de gordura, e aumentará o peso.

Além de aumentar o peso, traz riscos cardiovasculares, tal como o aumento do colesterol. E também provoca diarreia.

Como consumir o óleo de coco

O óleo de coco o ideal ser consumido em pratos frios, tal como saladas, sucos e frutas. Em pratos quentes, não use em frituras, use sempre na finalização. Quanto mais quente, mais ele perderá suas propriedades.

Em que o óleo de coco difere dos outros alimentos

O óleo de coco é também uma gordura saturada, porém contém ácidos graxos da cadeia média. São metabolizados diretamente no fígado e usado como energia, se você não usa, não acumula no nosso organismo.

Facebook Comments

Leave a Reply