Como funciona o jejum intermitente? Vou perder peso?

 

Há grande chance de você perder peso seguindo o jejum intermitente. Descubra como funciona e adote em seu dia a dia!

O jejum era uma prática muito usada pelos antigos embora fosse por questões espirituais. Hoje, após alguns estudos, ele se estruturou.

Um dos maiores especialistas do jejum intermitente é o Dr. Jason Fung. Ele tem se dedicado nos seus efeitos e procurado fornecer dados precisos quanto a essa prática!

Há pelo menos 5 protocolos ou tipos que você pode escolher e adotar! Uns são leves, outros já exigirão mais esforço.

jejum intermitente funciona

Jejum intermitente funciona

Aqui no Quero Dieta escrevemos quais são eles. Acesse Como fazer a dieta do jejum intermitente?. Conheça e escolha um de acordo com o seu objetivo e condições físicas.

Se você se interessa em saber mais informações sobre esse poderoso meio de emagrecimento duradouro, então, continue lendo!

Você saberá como funciona o jejum intermitente, de forma detalhada. Está curioso? Veja!

Como funciona o jejum intermitente?

O jejum intermitente permite com que o corpo queime o excesso de gordura corporal. É importante perceber que é normal e as pessoas têm evoluído ao jejuar sem obter consequências prejudiciais para a saúde.

A gordura corporal é apenas uma energia alimentar que foi armazenada. Se você não comer, o seu corpo simplesmente “irá se alimentar” da sua própria gordura para gerar energia.

Veja como funciona…

Quando comemos, mais energia alimentar é ingerida do que pode ser usada imediatamente. Parte dessa energia deve ser armazenada para uso posterior. A insulina é a hormona fundamental envolvida no armazenamento de energia alimentar.

A insulina aumenta quando comemos, ajudando a armazenar o excesso de energia de duas maneiras distintas.

Os açúcares podem ser ligados em cadeias longas, chamadas glicogênio e armazenadas no fígado.

Há, no entanto, limitado espaço de armazenamento. E uma vez que é alcançado, o fígado começa a transformar o excesso de glicose em gordura. Esse processo é chamado De Novo Lipogenesis (que significa literalmente Fazendo Gordura de Novo).

Parte dessa gordura recém criada é armazenada no fígado, mas a maior parte é exportada para outros depósitos de gordura no corpo.

Embora seja um processo mais complicado, não há limite para a quantidade de gordura que pode ser criada.

2 Sistemas de armazenamento de gordura

Assim, existem dois sistemas de armazenamento de energia de alimentos complementares em nossos corpos.

jejum intermitente faz mal

Jejum intermitente faz mal

Um é facilmente acessível, mas com espaço de armazenamento limitado (glicogênio). Já o outro é mais difícil de acessar, mas tem espaço de armazenamento ilimitado (gordura corporal).

O processo vai em sentido inverso quando não comemos (jejum).

A insulina sofre níveis de queda, sinalizando ao corpo para começar a queimar a energia armazenada. Isso ocorre por não mais está vindo através dos alimentos.

A glicose no sangue cai, assim que o corpo deve agora puxar a glicose fora do armazenamento para queimar a energia.

O glicogênio é a fonte de energia mais facilmente acessível. É dividido em moléculas de glicose para fornecer energia para as outras células.

Isso pode fornecer energia suficiente para alimentar o corpo por 24-36 horas. Depois disso, o corpo vai começar a quebrar a gordura para obter energia.

2 Estados do corpo

Assim, o corpo realmente só existe em dois estados:

  1. Alimentado (insulina alta)
  2. Jejum (insulina baixa)

Ou estamos armazenando energia alimentar, ou estamos queimando-a. É uma ou outra.

Se comemos e jejuamos estamos equilibrados, então, não há nenhum ganho de peso líquido.

Se começarmos a comer no minuto em que saímos da cama e não pararmos até dormir, passamos quase todo o nosso tempo no estado alimentado.

Ao longo do tempo, vamos ganhar peso. Nós não permitimos que nosso corpo tenha qualquer tempo para queimar a energia do alimento.

Para restaurar o equilíbrio ou para perder peso, simplesmente precisamos aumentar a quantidade de tempo que queimamos energia alimentar (jejum).

Em essência, o jejum permite que o corpo use sua energia armazenada. Afinal, é por isso que existe!

A coisa mais  importante a entender é que não há nada de errado com isso.

É assim que nossos corpos são projetados. Isso é o que cães, gatos, leões e ursos fazem. Isso é o que as pessoas devem fazer também!

Se você está constantemente comendo, então seu corpo vai simplesmente usar a energia de entrada de alimentos e nunca queimar a gordura corporal.

Você só irá armazená-la. Seu corpo vai salvá-lo por um tempo quando não há nada para comer.

Principais dicas para jejum intermitente

Aqui estão as nove principais dicas, resumidamente:

  • Beba água o tempo todo
  • Fique ocupado
  • Beba café ou chá
  • Faça alguma atividade prazerosa para esquecer da fome
  • Não diga a ninguém que você está em jejum
  • Tente fazer por um mês
  • Siga a dieta low carb ou paleo entre períodos de jejum. Isso reduz a fome e facilita o jejum. Também pode aumentar o efeito sobre a perda de peso e reversão do diabetes tipo 2, etc.

Vou perder peso?

Absolutamente! É quase inconcebível que você não vai perder peso se você não comer.

O jejum intermitente é uma das mais poderosas intervenções dietéticas para perda de peso.

Comente se gostou e se pretende fazer! Compartilhe também!

Facebook Comments