Azeite extra virgem para emagrecer, saiba como usar

0
120

Azeite extra virgem

Como muitos de vocês sabem, o azeite extra virgem é uma das fontes de gordura benéficas mais utilizadas hoje em dia.

Agora, como um produto que, a cada grama tem 9 kcal (mais do que o dobro de kcal/gr dos carboidratos e proteínas) faz emagrecer??

Bem simples. o azeite extra virgem é rico em gordura mono insaturada, responsável pelo aumento da testosterona no organismo.

Perder Peso

Mas a testosterona é um hormônio anabólico, então o que tem a ver com emagrecimento?

Bom, alem de aumentar a massa magra, o que consequentemente aumenta o metabolismo basal e o gasto calórico diário, a testosterona também diminui o cortisol, hormônio responsável pelo acúmulo de tecido adiposo.

Isso explica como as calorias de um alimento influenciam menos do que a resposta hormonal gerada por ele.

Azeite extra virgem
Azeite extra virgem para emagrecer

 

Cuido ao tomar azeite extra virgem

Antes que você saia por aí tomando um copo de azeite extra virgem, lembre-se do equilíbrio. Qualquer macronutriente em excesso, além de causar patologias, diminui a resposta metabólica a ele, dado seu excesso. Recomenda-se até 35% do total de calorias diárias em gorduras, sendo 2/3 insaturadas.

Azeite extra virgem o que é

o azeite é um óleo extraido de uma fruta denominada oliva (azeitona) e do dendê(palma). O azeite de oliva surgiu das regiões mediterrâneas, e é muito consumido no mundo todo como parte de tempero, e ainda, o seu consumo vem sendo associado a uma dieta balanceada e saudável.

A extração do óleo vegetal se dá por dois métodos, químico ou físico. Quando mencionado azeite extra virgem, estamos dizendo que a extração do mesmo se deu por ação física ou melhor, mecânica, sem a necessidade de utilização de produtos químicos que altera as propriedades do óleo de oliva ou outros.

O termo extra virgem está relacionado à acidez do produto. É sabido que, todos os lipídios traz em suas propriedades uma quantidade de ácidos graxos livres, que não são desejáveis, por questões sensoriais e até mesmo toxicológicos. Devido a este fato, praticamente todos os óleos sofrem um processo de refino afim de remover tais componentes, que é feito através de altas temperaturas ou fazendo uso de solventes orgânicos tal como o hexano.

Contudo, para se obter um produto extra virgem, sem a necessidade de altar temperaturas e utilização de componentes, é preciso cultivar, colher e armazenar de maneira adequada a planta, o fruto que se originará o óleo, com isso é possível conseguir azeite com baixo teor de acidez, onde é permitido até 0,8% de acidez.

Como usar

O azeite extra virgem, não deve ser usado em frituras. O ideal é que ele seja consumido em saldas, molhos, entre outros. Com uma alta temperatura o azeite perde suas propriedades benéficas à nossa saúde.

Você já fez uso de azeite extra virgem para emagrecer, conte como foi o resultado, comente abaixo!

Fonte: Instagram  nutricao.esportiva

 

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.