Adoçante, Qual é o Melhor Tipo e Onde Encontrar? Saiba como Usar!

Adoçante, qual é melhor tipo e onde encontrar?

Vamos falar sobre adoçantes?

Adoçante, muito tem se falado sobre, porém é preciso que você tenha cautela em usá-los, e neste artigo iremos abordar sobre este assunto que tem deixado muitas pessoas com dúvidas, e com uma certa razão.

Adoçante, qual é o melhor?

Adoçante, qual é o melhor?

O açúcar é um dos principais vilões para a saúde das pessoas. Para manter um coração saudável, recomenda-se que o consumo de açúcar não ultrapasse de 100 a 150 calorias. O açúcar é um vilão, pois afeta nosso organismo como um todo.

Em excesso, ele pode causar diabetes, cáries, obesidade, doenças cardíacas, câncer e até mesmo mau funcionamento cognitivo. O refinado é o que mais precisa ser evitado, por isso é interessante fazer uso dos adoçantes naturais ou alternativos.

Para lhe ajudar com essa questão, separamos alguns dos adoçantes mais famosos do momento e seus benefícios, confira:

 Adoçante Xilitol

O Xilitol é um adoçante produzido a partir hemicelulose xylan e de outras madeiras de várias árvores. Para quem não sabe, nosso corpo também produz cerca de 5 a 15 g de xilitol por dia durante o metabolismo natural de carboidratos. Estima-se que ele possui cerca de 40% menos calorias em relação ao açúcar.

Outro beneficio é que o xilitol é anticariogênico, ou sejam ele tem o poder de inibir o crescimento de bactérias, reduzindo assim a formação de cáries. Assim, a boa notícia é que podem ser consumidos por diabéticos também.

Açúcar Demerara

Bem como o açúcar cristal, ele possui uma coloração marrom clara e possuem bons valores nutricionais, já que conseguem manter intacto alguns nutrientes. Tudo isso por que eles passam por um tipo de refinamento leve, recebendo muito pouco ou nenhum aditivo químico.

Ele não é muito fácil de ser diluído, mas ainda é muito usado em receitas de bolo, pães e outros doces para substituir o açúcar comum.

Cerca de 5 g de açúcar demerara encontramos: 20 kcal, 5 g de carboidratos, 1 mg de cálcio e 2,1 mg de ferro.

Sucralose

Para quem não sabe, a sucralose é o único adoçante retirado obtido através da cana de açúcar. Apesar disso, ele apresenta um sabor sem o residual amargo/metálico e isento de calorias. Sua molécula chega a ser até 600 vezes mais doce do que o açúcar e é lipossolúvel.

Neste sentido, não se acumula nos tecidos gordurosos, ou seja, não atravessa a placenta, não está presente no leite materno e sua eliminação ocorre nas primeiras horas após o consumo. Estudos afirmam que a sucralose não é um adoçante tóxico, não causa câncer, não afeta o sistema imunológico.

Qual é o tipo de adoçante alternativo que você usa? Conta pra gente nos comentários!

Facebook Comments