Fibras

As fibras são alimentos polissacarídios, de origem vegetal, como as frutas, cerais e legumes. A fibras são classificadas como solúveis e insolúveis em água, onde suas moléculas não absorvidas pelo nosso organismo, com isso, não nos proporcionam nutriente e nem mesmo calorias ao nosso corpo.

Fibras Solúveis:

Fibras solúveis, podemos citar, pectinas, mucilagens, gomas, e alguns hemiceluloses. Uma pequena parte solúvel das fibras, são benéficos a nossa saúde, pois agem com efeito metabólico no trato gastrintestinal, retardando o esvaziamento gástrico e o trânsito intestinal, diminuindo a absorção de glicose e colesterol. Protegem contra o câncer colorretal.

Fibras Insolúveis:

Como fibras insolúveis, podemos citar, as celulose e alguma hemiceluloses. Fazem parte das estruturas das células vegetais e facilmente encontrado em todo tipo de substância vegetal. Em nosso refeição diária, corresponde uma pequena parte chegando a 1g por dia, ingerimos a fibra solúvel, quando alimentamos de frutos com cascas comestível e sementes. Não se dissolve na água, aumentam o bolo fecal, acelera o tempo de trânsito intestinal pela absorção da água. Combatem as hemorroidas melhorando a constipação intestinal.

Fibras Celulose: Encontramos nas frutas com cascas, sementes, farinha de trigo e farelos.
Caracterizam por reter água nas fezes, aumentando o volume e o peso das fezes, ajuda o peristaltimo dos cólons, diminuindo
o tempo de trânsito colônio, e com isso, aumenta o número de evacuações e insolúvel em meio alcalino e solúvel em ácido.

Fibras hemicelulose: São os grãos de cereais, soja, centeio e farelo de trigo.
Caracterizam pelo fato de darem volume e peso na fezes, favorece o peristaltismo do cólons, diminui o trânsito colônico, aumenta o número de evacuações, e grande parte são solúvel em água.

Fibras Pectina: São frutas cítricas, maçã, batata, limão, vegetais, legumes e laranjas.
Caracterizam por formar matriz da parede celular em conjunto com a hemicelulose, tem alta capacidade hidrofilia, desacelera o esvaziamento, gástrico, aumenta a excreção de ácidos biliares, proporciona substrato fermentável para as bactérias do cólon, reduz a concentração plasmática de colesterol e solúvel em água.

Fibras mucilagens: Sementes e algas (agar-agar)
Caracterizam pel capacidade gelficante (formam um gel e arrastam gorduras, poluentes e metais pesados contidos nos alimentos), desacelera o tempo de esvaziamento gástrico (dificultando picos glicêmicos), proporcionam substrato fermentável para bactérias do colón, combatem o mal coleterol, e ainda melhor a tolerância a glicose e fixam os ácidos biliares.

Fibras lignina: Ervilhas, aspargos e grão integral.
Caracterizam por não serem carboidrato, são resistentes à ação de enzimas e bactérias, fixa os ácidos biliares insolúvel em meio ácido.

Fibras

Fibras

Por que consumir fibras:

A função é agir como uma vassourinha, absorvendo excessos de açúcares e gorduras, limpando para fora do nosso corpo o que não é necessário.

A ingestão diária de fibras, se recomenda entre 20 e 30 g pro dia. Para consumir fibras, consuma alimentos crus e poucos elaborados, não industrializados e nem mesmo triturados.

Fibras emagrecem

Em dietas para emagrecer, são excelentes, pois agem no nosso organismo, dando uma sensação de saciedade. Ao combinar fibra solúvel e fibras insolúveis, podem ser utilizadas para combater e reduzir o colesterol.

As fibras ajuda emagrecer, pois regulam o trânsito intestinal, melhorando o seu funcionamento. Promovem uma sensação de saciedade por maior período de tempo, ao comparar com alimentos pobres em fibras, tal como o pão branco, macarrão, leite ou bolos. Mas por outro lado, podemos encontrar alimentos pobres fibras, que são ricos em fibras solúvel ou insolúvel.

 

 

Facebook Comments

Leave a Reply